Atividades + jovens

O Laboratório da Paisagem conta com um conjunto diversificado de atividades no âmbito da educação ambiental dirigidos para o público infanto-juvenil onde procura sublinhar a importância da preservação da natureza e dos seus recursos. Intervir na paisagem, pensando Guimarães, perceber a importância das linhas de água e a sua conservação, entender a relevância da reutilização de materiais, ou até produzir velas ecológicas ou alimentares de aves são algumas das atividades que propomos. Desafiamos ainda os mais novos a conhecerem as sementes hortícolas que fazem parte da nossa alimentação ou a aprenderem como se pode pintar com recurso a frutos, vegetais ou especiarias, bem a perceberem a importância e os riscos à biodiversidade existente.

Aceite os nossos desafios e, mais do que isso, desafie-nos! Pode consultar algumas das nossas propostas no nosso portfólio de atividades.

Atividades

1 – Postais Ilustrados
Experimentar Guimarães

Após uma breve contextualizção teórica de três conceitos geográficos: o conceito de lugar, espaço e paisagem, os participantes serão divididos em grupos, numa primeira fase, sendo-lhes solicitada a montagem e ordenação cronológica dos postais de um local especifico de Guimarães. Numa segunda fase, cada participante é desafiado para a experiência com as imagens dos postais atuais como forma de conhecer/pensar os sentidos espaciais da cidade de Guimarães.
Os participantes, ao rasurar os postais expressarão a força imagética do olhar para a paisagem urbana, descobrindo novas perspectivas, elaborando novos sentidos de lugar e propondo a existência de uma outra cidade sobre a retratada.

Público alvo: 7 aos 14 anos
Duração: 2h00 / 2h30

Com esta atividade pretende-se sublinhar aos intervenientes a importância da água, bem como a necessidade de melhorar a sua qualidade, percebendo o efeito que os diferentes materiais presentes no filtro terão no aspecto da amostra da água (por exemplo, a água do Rio Selho).

A atividade despertará o participante para o desenvolvimento do respeito pelo meio ambiente e torná-lo-á mais atento à preservação dos rios.

Público alvo: 9 aos 14 anos
Duração: 1h30 / 2h00

2 – Tratamento de Água
Filtro de purificação

3 – Plano de Monitorização

da Qualidade da Água

A metodologia para execução desta atividade está dividida em três momentos. Um primeiro momento teórico que tem como objectivo sensibilizar o público em geral para a importância da água e da gestão dos recursos hídricos, o desenvolvimento sustentável, bem como as medidas a tomar para redução dos desperdícios de água. Deste modo, e através da projeção de vídeos referentes ao ciclo urbano da água será proporcionado um espaço para esclarecimento de dúvidas dos participantes.

Um segundo momento prático, no terreno, onde será realizada a recolha de amostras e medição de caudal de um rio ou ribeira na região de Guimarães. Por último, um terceiro momento, já no laboratório de Hidráulica, onde serão explicados os procedimentos e equipamentos a utilizar para a medição da qualidade de água..

Público alvo: 13 aos 15 anos
Duração: 1h30

Reciclar e reutilizar são as palavras de ordem porque valorizar os resíduos que produzimos é uma excelente forma de preservar o meio ambiente. Da construção de flores recicladas ou até à construção um vaso para plantar/semear uma muda de uma planta hortícola, com recurso a garrafas e botões; da construção de “Alimentadores de aves” a partir de pacotes de leite ou até à produção de velas ecológicas a partir de óleo e velas usadas e de casca de laranja.

Estas são algumas das atividades que propomos para sublinhar a importância de reutilizarmos os materiais que já não necessitamos e que serão adaptadas ao público-alvo interessado.

Público alvo: 3 aos 12 anos
Duração: 1h30 / 2h00

4 – Arte Ambiente
Vamos reutilizar materiais

 

5 – Erosão dos Solos

presente atividade tem como propósito proporcionar aos intervenientes a importância da relação entre a precipitação, a erosão do solo, a proteção dos cursos de água e a vegetação. Vários conceitos serão trabalhados tais como, a degradação do solo, deslizamentos de terra, assoreamento, o desmatamento e a proteção dos cursos de água.

Os participantes vão querer investigar mais acerca do ambiente em que vivem e vão perceber a importância da participação no cuidado com o meio ambiente.

Público alvo: 10 aos 16 anos
Duração: 1h30

Em substituição das tintas convencionais, as tintas utilizadas (aguarela) serão resultantes da liquidificação e posterior filtração de alguns vegetais: o tomate dará origem à coloração laranja; a beterraba, morango e outros frutos silvestres à cor vermelha; a cenoura, pêssego, ameixa ao amarelo; o espinafre, a couve e a alface, à cor verde; enquanto que o chá e o café à cor castanha.

Para além da tinta vegetal poderão ser criadas ainda tintas que estimulem os sentidos, ao dissolver-se especiarias (canela, açafrão, caril, colorau) em óleo alimentar até se obter a textura desejada permitindo pintar com cores e com aromas estimulando a criatividade infantojuvenil.

Público alvo: 5 aos 12 anos
Duração: 2h00

6 – Pintura Ecológica
Tinta vegetal

 

7 – Conhecer as Sementes

Nesta atividade os participantes são convidados a identificar e ordenar, fazer corresponder corretamente as sementes com as imagens  das variadas espécies vegetais que habitualmente consumimos. Ao mesmo tempo, serão informados em diálogo de algumas particularidades das sementes e plantas desde o ponto de vista de adaptabilidade ao meio e propagação genética da espécie.

No final, num curto percurso, visita-se próximo ao laboratório alguns cultivos existentes na Veiga de Creixomil.

Público alvo: 4 aos 11 anos
Duração: 1h30 / 2h00

A atividade proporciona o contacto e exploração com o território vimaranense por via de uma maquete a três dimensões (3D). A orientação e o conhecimento de escala do território é o objectivo principal da actividade.

Onde se situam as montanhas, que rios principais existem em Guimarães, quais as cidades vizinhas de Guimarães, e quantas?

 São algumas das respostas que a actividade responde.

Público alvo: 6 aos 16 anos
Duração: 1h30

8 – Conhecer o Território
Exploração da Maquete 3D de Guimarães

 

9 – Biodiversidade e qualidade ecológica dos rios

A atividade pretende sensibilizar para a importância e estado de conservação da biodiversidade e daqualidade ecológica da água dos rios. Inclui uma breve apresentação teórica sobre a importância da Biodiversidade para o bem-estar humano e o seu estado atual de conservação, à qualse seguirá uma atividade prática em que os participantes têm a oportunidade de contactar com a separação e identificação à lupa de macroinvertebrados aquáticos.

A atividade prática pretende consolidar os conceitos abordados durante a apresentação teórica e sensibilizar para a importância dos macroinvertebrados nos ecossistemas fluviais e como bioindicadores da qualidade ecológica da água.

Público alvo: 6 aos 16 anos
Duração: 2h00 / 2h30

Ao longo de duas horas, pretende dar-se a conhecer aos participantes problemática das espécies invasoras, como uma das principais causas da perda de biodiversidade. Será dado o foco a espécies presentes no concelho de Guimarães através da sua observação. A atividade será dividida em duas partes, uma apresentação teórica e uma parte prática com observação de espécies e das características que as tornam invasoras de sucesso.

Para o ensino secundário serão ainda criados grupos de trabalho onde serão estudadas propostas de combate a espécies invasoras ou medidas de mitigação de impactos. Máximo de 25 alunos.

Público alvo: 10 aos 18 anos
Duração: 2h00

10 – Espécie Invasoras
em Guimarães

 

11 – Interpretação das formações rochosas
da Serra da Penha

Esta atividade aborda as principais dinâmicas de formação da crosta terrestre aplicada à Serra da Penha, e pretende sintetizar a informação quanto à formação do relevo do ponto de vista geográfico e apontar algumas características morfológicas em terreno em particular as formas graníticas.
Um caderno de campo será entregue a cada participante, que acompanhará de igual modo a saída de campo.
Esta atividade será adequada de acordo com a faixa etária envolvida.

Público alvo: 6 a 18 anos / Adulto
Duração: 2h30

Uma visita interpretativa que dá conta da história ambiental do Parque da Cidade de Guimarães reflectindo sobre os anteriores usos do solo e sistemas de propriedade, formas de exploração e apropriação da terra”. Paralelamente aborda-se o conceito de paisagem numa perspectiva dinâmica, alertando o visitante, para o carácter mutável da paisagem e para a interpretação estruturada e leitura da paisagem.

O objectivo principal da visita é o de contribuir para a ampliação do conhecimento da paisagem cultural vimaranense, através da qual se estreitam laços afectivos e identitários com base em arquivos de memória, salvaguardando-se a importância da herança e da sustentabilidade ambiental e cultural para as gerações vindouras.

Público alvo: Adulto / Misto
Duração: 2h30

12 – A Paisagem Cultural do Parque da Cidade de Guimarães

 

 

13 – Animais e plantas
Da célula ao organismo

 

Esta atividade pretende ser uma viagem da célula ao organismo, dando a conhecer aos participantes as diferenças entre células animais e vegetais ao microscópio abordando também as diferenças entre animais e plantas enquanto indivíduos. A atividade terá uma parte teórica inicial de enquadramento sobre o tema, seguida de uma parte prática para preparação e observação de amostras de células animais e vegetais ao microscópio.
A observação das células será acompanhada pelo desenho científico, sendo pedido aos alunos que desenhem o que observam com o maior rigor possível.

Público alvo: 12 a 18 anos
Duração: 2h00

Bodiversity GO! – Base de dados da Biodiversidade de Guimarães, que tem como base a catalogação e preservação da biodiversidade existente em Guimarães, através de um conjunto de ações que pretendem promover o envolvimento entre os que fazem ciência e o cidadão comum, potenciando alguns locais chave na cidade como “hotspots” da biodiversidade e criando neles estruturas informativas e lugares privilegiados para a observação de espécies.
Esta atividade destina-se a todos os públicos.

Duração: 02h00

15 – Biodiversity GO!

 

 

Formulário de inscrição
+ Jovens65 +