Foi sob o olhar atento de Will Wynn e Jane Carruthers, membros do Comité Externo de Aconselhamento da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020, que decorreu, esta quarta-feira, 18 de abril de 2018, a segunda sessão do Eco Parlamento. Esta iniciativa, que acontece pelo terceiro ano consecutivo, realiza-se no âmbito do programa ambiental PEGADAS – Programa Ecológico de Guimarães para a Aprendizagem do Desenvolvimento Ambiental Sustentável, organizado pela Câmara Municipal de Guimarães e Laboratório da Paisagem.

Os sete Agrupamentos de Escolas que participam nesta edição mostraram a evolução dos seus trabalhos, procurando soluções sustentadas para os desafios ambientais que abraçaram, sob o mote “Agenda 2030 da ONU – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”.
A sessão final terá lugar no dia 25 de maio, no auditório da Universidade do Minho, em Guimarães, onde se ficará a conhecer o grande vencedor.

Recorde-se que este ano estão a debate as seguintes propostas: “Gastar menos água. Porquê?” (Agrupamento de Escolas de Abação); “Sala de aula sustentável” (Agrupamento de Escolas Fernando Távora); “Reflorestar zonas ardidas” (Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda); “Proteger a Água é proteger a Vida” (Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar); “Carbycar” (Agrupamento de Escolas Santos Simões); “As aves da nossa floresta” (Agrupamento de Escolas Virgínia Moura) e “Move-te sem pegada!” (Agrupamento Vertical de Escolas D. Afonso Henriques).