Guimarães voltou a promover a Semana Europeia da Mobilidade, com um conjunto de iniciativas que alertou para a necessidade de um futuro mais sustentável. Sob o slogan “A partilhar chegamos mais longe”, a edição deste ano, que decorreu entre 16 e 22 de setembro, ajudou a promover soluções de mobilidade partilhada e realçou os benefícios dos meios de transportes mais ecológicos, dando especial ênfase à utilização de bens ao invés da posse dos mesmos.

Este foi o quarto ano consecutivo que a Semana Europeia da Mobilidade foi assinalada em Guimarães, que se candidata a Capital Verde Europeia em 2020.

Do conjunto de iniciativas, que mobilizaram milhares de pessoas, destaque para uma descida pelos trilhos da Montanha da Penha, uma uma Mini-Maratona e uma Caminhada solidárias, um Passeio de Bicicleta nocturno e outro diurno, uma manhã sem carros no Centro da Cidade, bem como diversas acções de sensibilização. Foi ainda lançada a plataforma online de partilha de boleias de Guimarães. No último dia do evento arrancou o Salão de Automóveis Eléctricos, que decorreu ao longo de três dias no Multiusos de Guimarães.

A Semana Europeia da Mobilidade foi organizada pelo Município de Guimarães e pelo Laboratório da Paisagem, tendo contado com diversos parceiros, nomeadamente a Vitrus, Arriva, Associação de Ciclismo do Minho, Get Green, Biblioteca Municipal Raúl Brandão, Guimarães Corre Corre e o Convívio – Associação Cultural. Esta é uma campanha anual sobre mobilidade urbana sustentável, com o apoio da Direção Geral da Mobilidade e dos Transportes da Comissão Europeia, coordenada em Portugal pela Agência Portuguesa do Ambiente.