EDUCAR, REDUZIR E VALORIZAR

O projeto “Aqualastic: Educar, Reduzir e Valorizar” surgiu de uma candidatura aprovada ao Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, liderado pelo Laboratório da Paisagem e da Extruplás.

O objetivo principal é sensibilizar para a redução do impacto dos plásticos nos ecossistemas. A criação de um protótipo de uma “EcoBarreira” numa das linhas de água urbanas de Guimarães, bem como de filtros personalizados para a retenção de resíduos em sumidouros de águas pluviais, são algumas das soluções que vamos desenvolver.

Para além disso, o “Aqualastic” contempla um importante eixo de educação, capacitação e sensibilização dos cidadãos para a redução da utilização de plástico, desenvolvendo campanhas de comunicação e ações de educação ambiental.

A promoção da economia circular será outro dos focos, através de ações que visarão a divulgação de estratégias e projetos de valorização de resíduos, nomeadamente os resíduos plásticos de uso único, assim como a própria valorização dos resíduos recolhidos através das infraestruturas verdes criadas.

O “Aqualastic: Educar, Reduzir e Valorizar” tem um orçamento total de 63 mil euros.

O Fundo Ambiental tem como finalidade apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, adotada pelas Nações Unidas.

Há muito ainda para fazer na defesa do património natural de Guimarães que tanto nos orgulha.

Veja o documentário que preparamos no âmbito do projeto Aqualastic.

“RIOS DE PLÁSTICO”
EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

Em Guimarães, pese embora o trabalho que tem realizado ao longo dos últimos anos, com resultados assinaláveis, há ainda muitos comportamentos que importa eliminar. Num simples passeio pelas duas principais linhas de água de Guimarães – rio Ave e rio Selho – a poluição salta à vista, das mais variadas formas, plástico ou outros produtos de uso único. Esta exposição é o resultado de um trabalho dos fotógrafos André Brito e Joaquim Beteriano.  Uma oportunidade para repensarmos os nossos comportamentos diários. 

o que está a acontecer

EcoBarreira

A “EcoBarreira” pretende contribuir para a redução do lixo flutuante presente no rio Selho. A estrutura visa duas funções principais: uma zona de retenção e acumulação de lixo flutuante, essencialmente resíduos plásticos de uso único, pontas de cigarros, latas etc., e uma zona de retenção e potencial tratamento da massa de água, suportado pelo conceito de ilha flutuante, na qual estão integradas plantas aquáticas com características depuradoras. A cortiça foi o material utilizado na construção das ilhas flutuantes, possibilitando, deste modo, o cultivo de plantas em hidroponia, sendo que toda a EcoBarreira foi construída com base em materiais sustentáveis e sem qualquer impacto para o ecossistema aquático”, destacou Nuno Silva, investigador do Laboratório da Paisagem.

rio Selho (Junto ao Laboratório da Paisagem)

Filtros personalizados

A colocação de três filtros personalizados de retenção nas entradas dos sistemas de drenagem localizados na malha urbana, comumente designadas de sarjetas de águas pluviais, permite a retenção e caracterização de resíduos provenientes das escorrências urbanas, atuando-se, deste modo, a jusante das linhas de água.

Centro da Cidade

Ecopontos em escolas para recolha e valorização de máscaras

Ecopontos em escolas para recolha e valorização de máscaras

Arrancou esta terça-feira a colocação de ecopontos exclusivos para máscaras em várias escolas do concelho de Guimarães. Esta iniciativa decorre no âmbito do projeto “Recolher e Valorizar”, que visa a recolha de máscaras em contexto escolar e a sua valorização em novos...

read more
VÍDEO: Aqualastic – Making-of

VÍDEO: Aqualastic – Making-of

A última fase do projeto Aqualastic está em marcha, com a colocação de um protótipo de uma “EcoBarreira” no rio Selho, de filtros personalizados para a retenção de resíduos em sumidouros de águas pluviais e de mobiliário urbano feito em plástico 100% reciclado, na...

read more
Aqualastic reuniu com agricultores da Veiga de Creixomil

Aqualastic reuniu com agricultores da Veiga de Creixomil

O projeto Aqualastic, do Laboratório da Paisagem, foi o mote para um encontro com alguns empresários do setor agrícola com terrenos na Veiga de Creixomil, para uma ação de sensibilização para o uso do plástico. O consumo mundial de filmes plásticos na agricultura é...

read more
VÍDEO: Um piquenique estragado

VÍDEO: Um piquenique estragado

Duas amigas estendem a toalha para um piquenique no jardim do Paço dos Duques, um dos locais mais bonitos e emblemáticos de Guimarães. Tudo parece perfeito. Mas, e se...?

read more
VÍDEO: E se o lixo que chegou ao mar voltasse a casa?

VÍDEO: E se o lixo que chegou ao mar voltasse a casa?

"E se o lixo que chegou ao mar voltasse a casa?" A pergunta é simples e direta e está a ser feita aos vimaranenses através de vários formatos, incluindo um outdoor instalado no centro de Guimarães. Esta é mais uma das iniciativas do projeto Aqualastic, do Laboratório...

read more
VÍDEO: E se…?

VÍDEO: E se…?

Este é o primeiro de três vídeos produzidos no âmbito do projeto Aqualastic - educar, reduzir e valorizar. O mote da campanha é a construção de uma metáfora em que o nosso mundo é invadido pelo lixo lançado aos oceanos - "E se o lixo que vai parar ao mar voltasse a...

read more