O projeto Guimarães Mais Floresta assinalou esta quinta-feira, 21 de março, o Dia Mundial da Árvore, com ações de plantação de árvores autóctones no em diversos locais do concelho, nomeadamente na Citânia de Briteiros, junto ao Parque da Cidade e da Piscina Municipal, bem como na Creche e Jardim Infantil Albano Coelho Lima, em Pevidém e no Lar de Santos Passos.

Na ação de plantação na Citânia de Briteiros estiveram diversas individualidades do Município de Guimarães, nomeadamente o presidente Domingos Bragança, bem como das vereadoras do Ambiente e Educação, Sofia Ferreira e Adelina Pinto. Jorge Cristino, presidente do Laboratório da Paisagem, instituição que coordena o projeto, também marcou presença. Também os Bombeiros das Taipas, a Brigada Verde de Caldelas, a Vimágua e a Vitrus assinalaram a data. A empresa vimaranense Soguina também abraçou fortemente o projeto Guimarães Mais Floresta.

Junto ao Parque da Cidade, 95 alunos da EB1 da Pegada, de Azurém, colocaram as mãos na terra para plantar uma centena de Quercus robur, comumente designados por carvalho-alvarinho, carvalho-roble ou carvalho-vermelho. O objetivo foi sensibilizar as crianças para a necessidade de apoiar a reflorestação. Foi plantada uma árvore por cada aluno daquele estabelecimento de ensino.

Próximo das Piscina Municipal, os consultores e staff da REMAX Vitória voltaram a colaborar com este projeto, que pretende plantar 30 mil árvores autóctones por ano no concelho de Guimarães, plantando mais uma centena de carvalhos-alvarinhos.

Numa ação simbólica os seniores do Lar de Santos Passos também procederam à plantação de uma árvore no jardim daquela instituição.