A Coordenadora Executiva da Estrutura de Missão da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020, Isabel Loureiro, marcou presença na 4ª Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento Sustentável, que se realizou na sexta-feira e sábado, em Roma, Itália.

Inspirado no desafio crítico da sustentabilidade humana, ambiental e económica sobre as gerações presentes e futuras, este fórum proporcionou uma partilha de ideias, a apresentação de resultados de investigação e discussão sobre questões profissionais relevantes no campo da Ciência da Sustentabilidade.

A comitiva de Guimarães, que se fez representar, para além de Isabel Loureiro, por Cândida Vilarinho, Presidente do Conselho de Administração e pela Coordenadora de I&D do CVR – Centro para a Valorização de Resíduos, Joana Carvalho, mostrou o exemplo e as mudanças operadas em Guimarães em matéria de sustentabilidade aos 120 delegados de 50 países.

No total foram apresentados três trabalhos, um deles em formato poster. “Municipal Waste Map: a Case Study of Guimarães, Portugal” (Mapa Municipal dos Resíduos: O caso de estudo de Guimarães), em co-autoria com Dalila Sepúlveda, Chefe de Divisão de Serviços Urbanos (D.S.U.) da Câmara Municipal de Guimarães, Cândida Vilarinho e Joana Carvalho, do CVR – Centro para a Valorização de Resíduos; “Global city: the occupational layer” (Cidade Global: a camada ocupacional), em co-autoria com Nelson Costa e Pedro Arezes, da Universidade do Minho, que foi publicado numa revista internacional, e o poster “How to Preserve the legacy creating a sustainable future? (Como preservar o legado criando um futuro sustentável?), em co-autoria com Paulo Ramísio e Filipe Fontes, do Comité Executivo e da Unidade Unidade Operacional da Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia, respetivamente.