Está de volta a semana verde à Cidade Berço. A Green Week Guimarães 2020, em moldes distintos de anos anteriores por força da pandemia de COVID-19, acontece de 10 a 18 de outubro, com um conjunto de iniciativas que pretendem alertar e sensibilizar a população para a defesa do ambiente e para a sustentabilidade ambiental.

Do programa destaca-se a conferência final do projeto europeu RiskAquaSoil, do qual o Laboratório da Paisagem é parceiro. Para além de uma conferência sobre a gestão da água e dos solos, que terá lugar no dia 16, está agendada uma exposição fotográfica sobre a Veiga de Creixomil, bem como uma ação de formação dirigida aos técnicos municipais sobre flora autóctone, na gestão do espaço público sem herbicidas e uma outra, mais prática, sobre técnicas de remoção de flora invasora.
Destaque ainda para a apresentação pública do projeto “Aqualastic”, recentemente financiado pelo Fundo Ambiental.

Ao longo da semana estão programadas outras exposições e atividades, como uma ação de observação de aves na Veiga de Creixomil, para assinalar o Dia Mundial das Aves Migratórias, ou o lançamento do livro de um projeto finalizado do Laboratório da Paisagem, “Lagoas e Charcas do rio Ave”.

A programação deste ano inclui ainda atividades do Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães, nomeadamente a atividade “Pequenos Exploradores”, que terá lugar no Parque da Cidade, no dia 17, e uma exposição fotográfica de insetos “Ptera | Asa”. Também a Resinorte se associou uma vez mais à semana do ambiente de Guimarães, com dois webinars sobre a temática da reciclagem em tempo de pandemia, destinados à comunidade escolar e ao público em geral. 

Por fim, há ainda um convite para que possa descobrir mais sobre as boas-práticas de sustentabilidade em Guimarães, percorrendo uma rota que inclui um conjunto de locais como a Academia de Ginástica, as Bacias de Retenção, ou a Horta Pedagógica.

O programa completo da edição de 2020 da Green Week Guimarães poderá ser consultado em www.greenweek.pt.