Ricardo Martins

Entusiasta por desafiantes viagens e de calmos entardeceres, aprendi que um dos motores de estado de alma que me nutre é o desejo de conhecer novos territórios, numa contínua aprendizagem com diferentes modos de estar e ser.

Sou licenciado em Geografia e Planeamento (2011), mestre em Geografia – Planeamento e Gestão do Território (2015) e pós-graduado em Políticas Comunitárias e Cooperação Territorial pela Universidade do Minho (2017). Ao longo do meu percurso académico, empreendi uma experiência de mobilidade internacional na Universitat de les Illes Balears (2009/10), onde tive a oportunidade de exercer funções de Auxiliar de Arqueologia no ‘Instituto Municipal de Educação e Bibliotecas de Càlvia’ no âmbito dos achados arqueológicos da “villa romana de Sa Mesquida”. No mesmo período, colaborei com a ‘Obra Cultural Balear’, uma entidade cívica e cultural de influência nas Ilhas Baleares, auxiliando a instituição no tratamento, documentação e catalogação do seu fundo documental.

Recentemente, laborei igualmente como geógrafo, em Amarante, na ‘COLMUS – Consultoria em Qualidade e Ambiente, Lda.’ (2013/14), colaborando, entre outros projectos, na elaboração de Estudos de Impacte Ambiental e de Relatórios de Monitorização Ambiental.

Actualmente, como investigador em geografia, executo projectos em torno dos estudos de paisagem, sustentabilidade, identidade territorial, participação comunitária e políticas de planeamento e gestão do território. Como missão primordial, encaro a integração da paisagem nas políticas territoriais e no quotidiano das comunidades, promovendo por sua vez a implementação da Convenção Europeia da Paisagem (CEP) por Portugal ratificada.

Sou membro associado da ‘Associação Portuguesa de Geógrafos’, da ‘Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes’ e da associação científica internacional centrada nos estudos de memória, ‘Memorias en Red’.

Ricardo Martins no Linkedin