Ricardo Martins

Entusiasta pelas conquistas, transformadas em viagens e cumes calcados, um dos motores de estado de alma que me nutre é o desejo de conhecer novos territórios.

Sou licenciado em Geografia e Planeamento, mestre em Geografia – Planeamento e Gestão do Território e pós-graduado em Políticas Comunitárias e Cooperação Territorial pela Universidade do Minho. Ao longo do meu percurso empreendi uma experiência de mobilidade de um ano na University of the Balearic Islands, onde a par do enriquecimento pessoal e académico tive a oportunidade de exercer funções de Auxiliar de Arqueologia no ‘Instituto Municipal de Educação e Bibliotecas de Càlvia’ no âmbito dos achados arqueológicos da “villa romana de Sa Mesquida” na ilha de Maiorca.
Como geógrafo, em Amarante, colaborei, entre outros projetos, na elaboração de Estudos de Impacte Ambiental, de Relatórios de Monitorização Ambiental e na produção cartográfica.
Atualmente, como investigador em geografia, executo projetos em torno dos estudos de paisagem, ambiente, identidade territorial, participação comunitária e políticas de planeamento e gestão do território, bem como na coordenação de alguns projetos de educação para a sustentabilidade. Colabora igualmente com a Incubadora de Base Rural Guimarães como membro da equipa de gestão do Banco de Terras de Guimarães.
Como missão primordial, encaro a integração da paisagem nas políticas territoriais e no quotidiano das comunidades, promovendo por sua vez a implementação da Convenção Europeia da Paisagem (CEP) por Portugal ratificada.

Sou membro associado da ‘Associação Portuguesa de Geógrafos’, da ‘Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes’ e da associação científica internacional centrada nos estudos de memória, ‘Memorias en Red’.

Ricardo Martins no Linkedin